L O A D I N G
blog banner

Douro + Sustentável distingue projetos

Douro + Sustentável distingue projetos

Catarina MendesHoje às 15:48A Real Companhia Velha, a enóloga Luísa Borges, a Quinta do Vallado e o enólogo Mateus Nicolau de Almeida foram distinguidos na terça-feira, dia 10, durante a 1ª edição dos prémios Douro + Sustentável, que integra a 6ª edição do Porto Wine Day.Os prémios, que têm como premissa a promoção da vitalidade da região, o esforço das comunidades locais e o envolvimento na salvaguarda da paisagem, foram entregues durante um jantar no museu de Lamego que decorreu na última quarta-feira.A Real Companhia Velha, distinguida na categoria Viticultura, recupera, há mais de 20 anos, castas desconhecidas ou que estão em fase de extinção. Integra o projeto Series que visa dar a conhecer o trabalho que é feito pela equipa de enologia e explorar técnicas e castas, de modo a encontrar um novo estilo de vinho do Douro e testá-lo junto do consumidor. Segundo um comunicado do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, o prémio homenageia “o trabalho de investigação e desenvolvimento levado a cabo pela equipa de viticultura e enologia”. A líder do Vieira de Sousa, Luísa Borges, ganhou o prémio na categoria Revelação. Em 2008, a empresa apostou na produção de vinho do Porto, o Vieira de Sousa LBV 2008, e no seu engarrafamento. Após cinco anos, a empresa foi uma das melhores pontuadas num concurso do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto graças ao Vintage da Vieira da Sousa. Luísa licenciou-se em Viticultura e Enologia no Instituto Superior de Agronomia de Lisboa.Atualmente gerida por João Álvares Ribeiro e Francisco Spratley Ferreira, a Quinta do Vallado foi premiada na categoria Enoturismo. A distinção deve-se ao respeito que existiu pela natureza na transformação de uma casa senhorial do século XVII num hotel vínico, no reforço da capacidade de alojamento e na abertura do Hotel da Casa do Rio em Vila Nova de Foz Côa.Por último, Mateus Nicolau de Almeida foi distinguido na categoria Enologia graças a vários projetos como uma adega subterrânea, enologia sustentável e práticas agrícolas menos convencionais. O enólogo é também responsável pelos vinhos produzidos na Quinta Monte Xisto.A 6ª edição do Porto Wine Day realizou-se nos dias 7,8 e 10 de setembro e incluiu provas e jantares vínicos.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *